Tiro - Óptica

“Tiro – Óptica” é a tentativa de criar uma pintura fotorrealista pós-fotográfica.
Esta série surge da paisagem urbana do Porto percorrida nos últimos anos. A intenção é produzir pinturas com vários níveis de recepção, para assim, promover uma contemplação activa. Recuperando imagens do romantismo portuense, a atenção reacaiu nos lugares da cidade onde o selvagem coabita com o humano.
Retomando a tónica realista do séc. XIX, e à semelhança dos fotorrealistas do séc. XX, procuro construir imagens cujo rigor se vincula aos pormenores da realidade, mas “baseando-se não na directa visão do real mas numa linguagem elaborada sobre anteriores imagens.” (Maeyer, 1978)

A mostrar todos os 9 resultados